Entrevista com Luis Carlos Ávila

Luis Carlos Ávila - Treinador

Luis Carlos Ávila – Treinador

Ávila, como está se sentindo como líder da estatística e com a nova fase do jockey e o teu desempenho?

L.C.Ávila: Bom, estou muito satisfeito e agradecido pelo apoio dos proprietários e também a nossa equipe de trabalho que tem colaborado bastante, por que sozinho não somos ninguém.

No bento, tuas duas inscrições Save the Tiger e Whoopee Maker, qual a tua opinião sobre os dois, as características e como deve se comportar durante a prova?

L.C.Ávila: Os dois se encontram em ótima forma, o potro (Whoopee Maker) vai favorecido pelo peso, é uma esperança. O Save the Tiger também é um cavalo que vem demonstrando bastante, competiu muito bem no Protetora e está belíssimo, acho que vai fazer uma grande carreira, eu espero uma grande competição um páreo muito bonito com grandes jóqueis e os nossos representantes locais, falei e repito, se encontram muito bem.

Você têm também no páreo das éguas dois animais, poderia falar sobre eles?

L.C.Ávila: No páreo das éguas temos a potranca Delicious Chris que vêm de uma bela carreira, temos uma adversária quase que imbatível que é a Doppia Vendetta, égua de alta classe e a égua de 5 anos Musica Classica que chegou a pouco de São Paulo, não está totalmente adaptada ao nosso meio, esperamos uma boa carreira, deve melhorar ao passar do tempo.

No Clássico Nestor Magalhães, temos o cavalo Ponamariov, foi inscrito neste clássico em detrimento da milha do Bento, por que procedeu assim e quais as chances dele?

L.C.Ávila: O motivo maior de optar pelo clássico Nestor Cavalcanti Magalhães é o fato de ser liberado o uso de medicação. Chegamos a cogitar correr as duas provas, mas ficamos com medo de o cavalo sentir o repique. Uma coisa posso afirmar, ele está tinindo.